> Artigos relacionados
   > Edupédia

EV
armênias, Matanças
Genocídios exercidos contra os armênios súditos do Império Otomano durante o governo do sultão Abdul-Hamid (1894-1896) e de Kemal Atatürk (1915-1916). Marginalizados pelas autoridades otomanas, os armênios rebelaram-se em 1894, o que desencadeou uma dura repressão protagonizada pelas tropas turcas e pela população curda, aliada com o governo, que acabou em matanças coletivas. Após um período de relativa calma, durante a Primeira Guerra Mundial, como resposta ao apoio dos armênios ao exército russo contra a Turquia, o governo deportou mais de um milhão e meio de armênios. Um terço morreu de fome ou massacrado. Centenas de milhares de sobreviventes exilaram-se.

Subir