> Artigos relacionados
   > Edupédia

EV
sino-japonesas, guerras
Conflitos bélicos entre a China e o Japão na sua luta pela hegemonia no Extremo Oriente em finais do séc. XIX e durante a primeira metade do séc. XX. Entre 1894 e 1895, o Japão invadiu a península da Coreia, território sob a soberania da China, e derrotou a frota chinesa em Weihaiwei. Em virtude do Tratado de Paz de Shimonoseki, a China cedeu Taiwan ao Japão e reconheceu a independência da Coreia. Entre 1937 e 1945, os japoneses invadiram a Manchúria, onde fundaram o estado de Manchukuo, a maior parte do litoral chinês e as cidades mais importantes (Pequim, Nanquim, Shanghai, Hong Kong, Cantão). Após o ataque japonês a Pearl Harbor (1941), a guerra sino-japonesa fez parte do conflito da II Guerra Mundial, de modo que os combatentes chineses do Kuomintang e do Partido Comunista, unidos provisoriamente na luta contra o invasor japonês receberam o apoio logístico dos Aliados. A guerra acabou em agosto de 1945 com a capitulação dos japoneses perante Chang Kai-Chek e em seguida recomeçou a guerra civil entre os nacionalistas do Kuomintang e os comunistas liderados por Mao Zedong.

Subir