> Artigos relacionados

EV
Croce, Benedetto
Pescasseroli, Itália 1866 - Nápoles, Itália 1952
filósofo, historiador e crítico italiano. A leitura da Ciência Nova (La scienza nuova) de Vico orientou-o para a filosofia. Apesar de se opor à ditadura de Mussolini, o seu prestígio e fama internacional foram tão grandes que até lhe evitaram o exílio. Após a queda do fascismo foi presidente do Partido Liberal, deputado, senador e ministro. Influenciado por Hegel, definiu o seu sistema como uma filosofia do espírito. Segundo ele, o espírito é toda a realidade que se desenvolve em quatro formas de atividades: por um lado, o conhecimento do individual na intuição (arte) e do universal no conceito (pensamento), que são as duas formas da atividade teórica e, por outro, a vontade do particular (economia) e do universal (ética), que são as formas da atividade prática. Croce expôs em Filosofia do Espírito (Filosofia dello Spirito) o seu sistema.

Subir