> Galería de Fotos (1 elementos)


1 Medias
   > Mais apontamentos sobre...
   > Edupédia

Idade Contemporânea
Imprimir
A Guerra Fria

Você sabia que a Guerra Fria prolongou-se até o início da década de 90?

Ainda que os Estados Unidos e a URSS lutassem juntos na Segunda Guerra Mundial (1939-1945), os seus modelos políticos e econômicos eram radicalmente distintos. Os Estados Unidos defendiam a democracia liberal e o capitalismo, enquanto a URSS promovia entre os países libertados do fascismo pelo exército russo as democracias populares, baseadas no comunismo.

Os Estados Unidos decidiram proteger política e economicamente as democracias liberais europeias da influência soviética, o que originou o rechaço total da URSS e a criação da chamada Cortina de Ferro. A tensão crescente culminou com a divisão dos países em dois grandes blocos: o bloco ocidental, liderado pelos Estados Unidos, e o bloco soviético, liderado pela URSS. Berlim converteu-se em um símbolo da Guerra Fria depois da construção de um muro que dividiu a cidade em duas partes: a ocidental (liberal) e a oriental (comunista); que se tornou conhecido em todo o mundo como o Muro de Berlim.

Ainda que a Guerra Fria nunca tenha chegado a desembocar em um enfrentamento armado direto entre as duas superpotências, pressupôs o início da chamada corrida armamentista, na qual o desenvolvimento das armas nucleares para repelir um possível ataque inimigo converteu-se em uma obsessão. A Organização das Nações Unidas, criada para manter a paz e a segurança do mundo, pouco podia fazer.

A Guerra Fria terminou após a queda do muro de Berlim em 1989 e a desintegração da URSS (1990). Iniciou-se então uma evolução incerta na União Soviética e o leste da Europa, que rompeu com o modelo anterior e que levou à transição das economias da maioria dos países da Europa central e oriental ao modelo capitalista de livre mercado.

> INVESTIGA

Você sabe que movimento político de caráter reformista precedeu a dissolução da URSS? Quem o liderava?



Subir